fbpx
Origens do café

Café é seguro na amamentação?

Agora que o bebê nasceu, você pode estar ansiosa para comer alguns dos alimentos e bebidas que evitou durante a gravidez.

No topo da lista para a maioria das mães? Café e cafeína!

Mas a cafeína traz algum risco para a amamentação?

A cafeína é um estimulante e deve ser usada com cautela quando se trata de gravidez e lactação. Eu recomendaria que você se limitasse a uma xícara de café por dia durante a gravidez – e de preferência, somente o consumo de um café de qualidade, como o Café Alfaia.

Por outro lado, quando se trata do café durante a amamentação, eu diria que as recomendações são muito mais flexíveis. A maioria das mulheres pode tomar algumas xícaras de café por dia durante a amamentação, sem que isso seja um problema. Isso ocorre porque a cafeína não entra no leite materno da mesma forma que atravessa a placenta.

Alguns bebês são muito sensíveis às substâncias do colostro ou do leite materno, e a cafeína pode ser uma delas. Para bebês sensíveis, mesmo um pouquinho de cafeína é demais.

Quanto mais jovem for o bebê, maior será a probabilidade de ele ser sensível à cafeína.

Bebês nascidos de mães que consumiram pouca ou nenhuma cafeína durante a gravidez podem ter ainda mais probabilidade de reagir negativamente.

Mas fique tranquilo, se seu bebê é sensível à cafeína do leite materno agora, há uma boa chance de que ele se torne tolerante à medida que envelhece.

Como saber se meu bebê está reagindo a cafeína?

Se o seu bebê não dorme bem, tem refluxo ácido ou cólica, ou se comporta de maneira estranha, verifique se o seu consumo de cafeína.

Lembre-se de que coisas como chocolate, chá preto e até mesmo café descafeinado contêm cafeína suficiente para causar problemas para alguns bebês. Um bebê excessivamente estimulado pela cafeína terá olhos arregalados, será ativo, alerta e possivelmente agitado.

Em outras palavras, um bebê que bebe muita cafeína age como um adulto!

Por outro lado, alguns bebês são sensíveis a alimentos ácidos (tomates, frutas cítricas, etc.), então não é a cafeína, mas o ácido do café que causa problemas, especialmente no estômago. Se este for o seu caso, você pode adicionar uma pitada de bicarbonato de sódio ao café para alcalinizá-lo, ou pode beber chá matcha, que contém cafeína, mas é menos ácido.

Posso beber café durante a amamentação?

Muitas fontes têm diretrizes diferentes para determinar uma quantidade potencialmente muito alta. Alguns dizem que você pode tomar 5 xícaras de café por dia durante a amamentação. A chave é observar quaisquer reações anormais de seu bebê e reduzir o consumo de acordo.

Estudos mostram que efeitos indesejados ocorrem quando as mães bebem 10 ou mais xícaras de café por dia, enquanto outros estudos mostram que beber café com menos de 5 xícaras não tem efeito prejudicial para o bebê.

Além disso, lembre-se de que cafeína em excesso não só pode ser ruim para o seu bebê, mas também para você! Portanto, é necessário ter cuidado se você beber mais de 4 xícaras de café por dia. Se você sentir palpitações cardíacas, ansiedade, pressão alta ou açúcar no sangue, sudorese excessiva ou tremores, considere reduzir drasticamente a ingestão de cafeína ou até mesmo eliminá-la por completo.

Para reduzir esses efeitos, é preferível escolher um café premium especial – como o café Alfaia.

Como lidar bem com o café nessa época da sua vida?

Café e cafeína não são ruins para a maioria das pessoas. Na verdade, muitos estudos mostram os benefícios para a saúde do consumo moderado de cafeína ou café. Por exemplo, existem muitos estudos que mostram que o consumo de café pode ser correlacionado com a longevidade.

Então, por que não experimentar novas formas de consumir café?

Por exemplo, você pode:

  • Adicionar 1/2 colher de chá de óleo de coco, manteiga ou ghee e misture. Terá gosto da bebida super cara vendida no Starbucks, além de melhorar o perfil de ácidos graxos do leite materno, uma vantagem para você e seu bebê.
  • Adicionar 2 colheres de chá de leite integral ou creme de leite em vez das opções ultra-pasteurizadas típicas para melhorar sua saúde
  • Beber o seu café durante um café da manhã rico em proteínas, gorduras saudáveis ​​ou mesmo vegetais (por exemplo, com uma omelete de vegetais e queijo branco rico em proteínas). Gorduras e vegetais combinam muito bem e promovem uma ótima absorção, além de fornecer propriedades antiinflamatórias.

Conclusão

Em última análise não existem regras fixas e pré-estabelecidas, sempre encontraremos contra-exemplos entre todas as mães deste mundo. A única regra é aquela que funciona para você. Em primeiro lugar, preste atenção ao seu filho e às suas reações à cafeína, e faça seus próprios testes. Ao escolher um café de qualidade, é possível tornar esses pequenos momentos em ocasiões de extremo prazer para suas papilas degustativas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.