fbpx
Origens do café

Café Topázio

O café é não só uma bebida quente – traz sempre uma sensação de alivio, aliada a uma dose extra de energia, que nos faz encarar todas as atividades do dia a dia. E muito se engana quem pensa que todos os cafés são iguais. Hoje, vamos aprender mais sobre a variedade de café Topázio, que vem ganhando muitos fãs em todo o mundo, graças ao seu sabor único e marcante.

O café Topázio foi obtido através de experimentos do seu café de origem, o café Arábica. Originária da Etiópia, esse grande tipo de café é a melhor opção quando falamos de cafés especiais, por ter diversas variedades, que conseguem encantar a todos.

Com um aroma suave e um gosto marcante, o café Topázio é uma escolha perfeita para o seu começo de tarde.

Origem do café Topázio

O café Topázio nasceu do cruzamento das variedades Novo Mundo e Catuái Amarelo. Com esse cruzamento feito por especialistas, conseguiu unir os maiores benefícios dessas duas variedades de café. Assim como o café Catuaí, foi desenvolvido a partir dos anos 70, no Instituto Agronômico de Campinas (IAC).

O café Topázio é colhido principalmente na região sul de Minas Gerais, assim como acontece com outras variedades de café especiais, como o Icatu e o Catuaí. Uma das grandes vantagens dos grãos de café Topázio é sua incrível adaptabilidade de cultivo em diversos terrenos. Os pés desse café geralmente possuem entre 1,8 e 2 metros, e fornecem aos produtores muito rendimento.

Outra grande característica positiva desse grão é o seu cultivo em alturas médias, o que possibilita um cultivo manual e que visa preservar os grãos inteiros em todos os momentos do cultivo e do transporte. Sua grande produtividade e rendimento também fizeram do café Topázio uma escolha segura para muitos produtores da região.

O café Topázio geralmente é cultivado em grandes alturas, de pelo menos mil metros acima do mar. Essa condição é muito importante para que o grão receba todos as influências do terreno que fazem seu sabor ser único. Sua secagem, diferente de muitos outros tipos de café, deve ser feita no sol durante todo o tempo.

Após a secagem, a separação dos grãos de forma manual facilita a separação de grãos de características parecidas. Sua seleção acontece pelo tamanho do grão e densidade.

Também se destaca pela grande capacidade de lidar com momentos de climas desfavoráveis, como a falta de chuva regular.

O gosto do café Topázio

O gosto especial do café Topázio pode ser percebido mesmo por quem não tem experiencia nesse tipo de degustação. Todos os produtores nacionais que possuem o café Topázio em sua terra fazem a colheita manual, para que o grão mantenha suas características em todos os momentos, preservando seu gosto.

Seu sabor natural único, junto com todas as práticas sustentáveis fazem dessa variedade de café uma aposta segura, quando se procura ter um café de gosto especial. O Café Topázio possui um perfil que lembra muito frutas tropicais, tangerina e também o açúcar presente é muito semelhando ao conseguido através da adição de mel em bebidas quentes.

A grande maioria dos produtos de café Topázio nacionais conseguem alcançar uma nota acima de 86 na pontuação SCAA (Associação Americana de Cafés Especiais), por isso pode ser classificado como um café especial. Um café especial seria aquele que atingisse no mínimo 80 de 100 pontos. Essas metodologias de avaliação são feitas com base em análise sensorial e com a matéria prima, ou seja, o café cru. Portanto, quanto maior a pontuação, maior a classificação!

O café Topázio é um dos mais solicitados quando se prepara receitas de cafés gelados. Por manter seu sabor cítrico mesmo após a mudança de temperaturas, é usado cada vez mais por chefes e baristas renomados em todo o mundo.

Mesmo não sendo um especialista em café, aposto que o café Topázio irá chamar a atenção do seu paladar, mesmo servido em receitas geladas!

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.