fbpx
Origens do café

Quais são as diferenças entre cafeína e teína?

Costumamos falar sobre teína e cafeína quando estudamos mais a fundo as origens e os benefícios do café. Mas você sabe exatamente o que são ambos, de onde vêm e como atuam em nosso corpo?

Vamos dar uma olhada nas diferenças entre teína e cafeína, suas origens e seus efeitos.

Um pouco de química!

Existe uma diferença entre cafeína e teína? No nível molecular, não realmente! Essas duas substâncias são, na verdade, a mesma molécula : 1, 3, 7-trimetilxantina. Por trás desse nome complicado, esconde-se um alcalóide, uma substância orgânica de origem vegetal com poderosa ação terapêutica.

Molécula de cafeína

Como resultado, a molécula de 1,3,7-trimetilxantina tem muitos efeitos positivos para o corpo e a mente. Além de estimular o sistema nervoso e cardiovascular , também aumenta a atenção e reduz a sonolência .

Além disso, esta molécula pode dar um impulso ao seu cérebro : melhorando sua memória de curto prazo, liberando dopamina (o hormônio do prazer) … Nada como isso para lhe dar energia!

Se cafeína e teína são a mesma molécula, por que existem dois termos diferentes?

Descoberta de cafeína e teína

A cafeína foi descoberta pela primeira vez em 1820  por Friedlieb Ferdinand Runge, um químico alemão, ao extrair um composto químico dos grãos de café. Ele a chamou de “Kaffein”, que mais tarde seria traduzido como “cafeína”.

A teína, entretanto, foi descoberta sete anos depois por Alphonse Oudry. Foi fazendo pesquisas que ele conseguiu isolar uma molécula contida nas folhas de chá. Só depois de vários anos (em 1838) os estudos mostraram que as duas moléculas eram iguais. Mais exatamente, o mesmo alcalóide.

Assim, “teína” foi reconhecida como cafeína. Apesar de tudo, esse termo pegou, por hábito. Na verdade, ela nunca desapareceu da fala cotidiana e é comum associar café com cafeína e chá com teína, para simplificar o jargão.

Mas então, os efeitos do chá e do café são os mesmos?

Sendo a mesma molécula, seria de esperar que tivesse os mesmos efeitos ao beber café e chá. No entanto, os efeitos são ligeiramente diferentes. Mas por que essa diferença? Simplesmente porque a concentração de cafeína e o modo de ação não são os mesmos nas duas bebidas.

Em quantidades iguais, uma xícara de café contém duas a três vezes mais cafeína do que uma xícara de chá (90 a 150 mg versus 30 a 70 mg). Como resultado, beber café vai excitar você mais do que consumir chá.

Então, você deve saber que o chá é rico em taninas. Estas são substâncias naturais provenientes de materiais orgânicos, como madeira e plantas (e, portanto, a planta do chá). Isso retarda a absorção de parte da cafeína pelo nosso corpo e reduz sua influência no corpo.

Assim, podemos perceber que o chá tem mais efeito no longo prazo : estimula gradativamente ao longo de várias horas (seis a oito, em média). Já o café estimula mais rápido, em um período mais curto (duas a três horas, em média).

Outro ponto importante: a cafeína do café é “biodisponível”, ou seja, passa diretamente pelo sangue. É por isso que você sentirá os efeitos de estimulação e aumento quase que instantaneamente, ao contrário do chá.

Claro, outros parâmetros podem ser levados em consideração. A duração da infusão tem impacto no nível de teína: quanto mais deixamos infundir, menos teína há. A transformação sofrida pela folha também é importante, assim como a idade da folha, porque quanto mais velha, menos teína contém.

Por fim, a presença de teanina no chá também explica o fato de ser menos excitante que o café: esse aminoácido ajuda a reduzir o estresse mental e físico, perfeito se você está procurando relaxar.

Efeitos diferentes dependendo da pessoa

Obviamente, somos todos diferentes. Portanto, algumas pessoas são mais sensíveis do que outras à absorção de cafeína. Seus efeitos variam dependendo do metabolismo. Alguns podem beber café e chá quantas vezes quiserem, outros precisam se limitar a uma xícara por dia. Para pessoas sensíveis ao estresse ou ansiosas, sugerimos uma dose baixa de cafeína por dia: limite-se a uma ou até duas xícaras de café de ótima qualidade.

Como recomendação, o Café Alfaia é um café especial, colhido em Minas Gerais, que tem toda sua produção acompanhada por especialistas para levar o melhor do café para sua xícara!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.